sexta-feira, 30 de julho de 2010

Mais alguns dos meus trabalhos

Mais alguns trabalhos que fiz....

Além do pegador de panela que fiz, eu também bordei estes lencinhos. Estão manchados, mas ainda os tenho. Hoje já me esqueci como bordar.


Esta é uma das blusas de lã mais bonitas que fiz. 
A primeira blusa de lã que fiz foi feita em crochet com pontos grandes, e o problema é que como sou pouco desastrada ,rsrsrsrs, acabava enroscando nos trincos das portas. Infelizmente não tenho foto.

Este é um caminho de mesa que fiz em crochet, aliás demorou bastante para fazer e o crochet não é a minha especialidade.



Estes são os meus primeiros cachecóis feitos em tricot.




O cachecol lilás foi o primeiro feito no tear e o vermelho é o que dobra de tamanho quando termina de fazer, este foi a minha prima Ivete que me ensinou.




Estes são os  braceletes de cristais Swarovski e Tcheco que fiz com técnica de entrelaçamento (é o que estou fazendo atualmente)



Estas são pulseiras de cristais Swarovski e Tcheco com miçangas. Lindas não?


Trabalhos de minha família

Estes são alguns trabalhos de minha família, sinto orgulho de ter pessoas talentosas em quem pude me inspirar. Faltam alguns trabalhos que ainda vou postar, principalmente de minha tia Dora, que já faleceu e eu gostava muito.


Estas são duas toalhas de mesa de linha feitas em tricot por minha mãe. Que trabalho maravilhoso. Ganhei da minha tia Edith.

Este é um casaquinho de lã que minha mãe fez para mim quando eu era criancinha. Guardo com muito carinho. Ela faleceu quando eu tinha 4 anos e meio.


Estes são alguns dos centros de mesa de crochet que a minha tia Edith fez para mim. Ela também faz blusas de tricot muito lindas.


Estes são conjuntos de tricot composto de casaquinho com touca de gato e sapatinhos que a minha tia Karla fez para o meu filho Danilo quando nasceu. Foi ela que cuidou de mim com se fosse filha quando minha mãe faleceu.. Ela faz cada trabalho lindo em tricot.



Estes são as colchas de solteiro de crochet feitas com restos de lã pela minha avó Luise. Eu a chamava carinhosamente de Mutti, que em alemão quer dizer mãe. Ela fez estes trabalhos quando eu ainda era solteira.



Este é um caminho de mesa que a minha madrinha de crisma Augusta (nascida na Ilha da Madeira) fez para mim quando eu era solteira. Vejam só que bordado lindo. Quando ela bordava fazia cada trabalho maravilhoso

Este é outro caminho de mesa da minha Madrinha


Estes são centros de mesa de tricot feitos com linha pela prima Annelise. A espessura da linha é muito fina e o ideal é engomar. Ganhei quando era solteira.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Velas - como fazer...



PRODUTOS USADOS NA ELABORAÇÃO DAS VELAS:


  • Parafina Plus (já vem acrescida com Cera Micro e Estearina)
  • Essência à base de óleo (especial para velas)
  • Anilina à base de óleo (não usar corante alimentício)
  • Vaselina líquida ou óleo mineral para untar as formas
  • Pavio especial para velas (não usar barbante)
  • Termômetro, palito japonês, leiteira, bule, assadeira, concha
  • Fogão elétrico. Se utilizar o fogão convencional, usar sempre em fogo baixo
  • Formas para vela.
  • Toquinhos (feito de parafina).

VELA SIMPLES

Para fazer os toquinhos...
Em uma leiteira, colocar 300 gr de parafina para derreter, despejar numa assadeira untada com vaselina líquida e quando estiver morna cortar tiras de mais ou menos 10 cm por 1 cm deixe esfriar e reserve.


Para fazer a vela...
Passe o pavio pelo orifício da forma, prendendo-o com fita crepe para evitar vazamentos. Centralize o pavio com o auxílio de um palito japonês.
Aqueça a parafina, a cera micro e a estearina até 80 °C aproximadamente. Com o auxílio de uma concha, transfira a parafina já aquecida para um bule.
Adicione o corante e a essência de sua preferência sempre fora do fogo. Despeje na forma já preparada até um centímetro da borda. Reserve um pouco da parafina utilizada para completar a forma.
Aguarde aproximadamente 02 horas para que a parafina se contraia e forme um buraco junto ao pavio. Introduza os toquinhos ao redor do pavio deixando-o reto. Cubra com a parafina reservada aquecida a 90 °C.

Aguarde o resfriamento total. Retire a fita crepe e desinforme a vela piloto que deverá se soltar facilmente. Passe uma faca ou estilete em toda a borda, retirando as rebarbas que se formam. Complete o acabamento polindo com meia de seda.

Esta vela também é conhecida como piloto que poderá ser utilizada para outras técnicas e acabamentos.
A vela da foto é chamada de pátina. Use uma escova de aço e escove a vela e retire o pó com um pincel.

Estou a disposição para qualquer dúvida. Infelizmente para fazer velas o ideal seria fazer uma aula demonstrativa. Mas aqui está o começo. Faça com carinho e capricho e BOA SORTE!!




VELA EM PÓ E EM LENTILHA

Um suporte de vidro (taça ou copo alto)
500 gr de parafina em pó ou lentilha
Corante liquido em diversas cores
Pavio parafinado
Saco plástico
15 ml de essência líquida a base de óleo das cores de sua preferência

Faça o tingimento da parafina em diversas cores.
Em cada saquinho coloque uma pequena quantidade de parafina e acrescente o corante e mexa. Aguarde até secar completamente. Escolha um recipiente de vidro. Coloque o pavio com ilhós e com auxílio de uma colher vá colocando as diversas cores da parafina em pó ou lentilhas em camadas. Introduza um arame na lateral interna do recipiente, mexendo levemente a parafina, que formará belos desenhos.



DICAS


A cada 200 ml de líquido equivale a 180g de parafina.

Acabamentos podem ser feito através de maçarico, ferro de passar roupa (não usar ferro a vapor) ou banho de imersão.


FORMAS ESPECIAIS

Forma de Gesso.
Deverá ser imersa em água por 04 horas antes da primeira utilização. A parafina deverá estar mais ou menos a 60 °C. Esperar esfriar, desinformar e dar o acabamento com parafina quente (80 °C) e depois mergulhar numa vasilha com água fria.

Forma de Alumínio
Colocar na forma a parafina bem quente (entre 80 e 85 °C). Esperar esfriar para desinformar.

Forma de Silicone
Colocar na forma a parafina quente (90 °C). Esfriar, desinformar. Após o uso contínuo passar vaselina líquida ou Spray de Silicone.

Forma galvanizada
Unte com vaselina líquida. Não use a parafina acima de 70 °C, pois a temperatura alta poderá danificar a forma.


FORMATO DAS VELAS

Pirâmide - Engloba todas as formas. Concentra energia
Quadrada - Cada lado representa um elemento da natureza: terra, ar, fogo e água.
Cilíndrica - Significa elevação dos pensamentos.
Estrela - Intimamente ligada ao carma pessoal e á esperança.
Cônica - Fortalece o equilíbrio.
Esfera - É a forma mais perfeita da natureza. Não tem começo e nem fim. O seu princípio encerra-se dentro dela própria.



CUIDADOS NA HORA DE ACENDER

Evite acender as velas ao alcance de crianças ou animais de estimação.
Utilize sempre um suporte quando acender as velas.
Jamais saia de casa e deixe velas acesas.
Não acenda velas perto de lugares onde existam materiais infláveis, como papéis, cortinas, etc.
Tome cuidado com correntes de vento.
Alguns recipientes de vidro não são resistentes à temperatura da chama. Por isso escolha sempre vidros de boa qualidade e de espessura resistente. Tome cuidado para que a chama não atinja o fundo do vidro.


quinta-feira, 15 de julho de 2010

Apresentando os meus trabalhos

Hoje é o meu segundo dia, vou mostrar um pouco dos meus trabalhos. Estes foram os primeiros



Agora, um pouco dos trabalhos que já fiz

Arte em Velas de parafina...









Arte em Velas de Gel...






Arte em Sabonetes...










Arte em Bijouterias...






Ainda faltam as pulseiras com cristais e pérolas.


Arte em Produtos de Banho e Aromatizadores ...

Espuma de Banho, Sais de Banho e Sabonete Líquido


 Renovador de Lençóis


Aromatizador de Ambientes


Aromatizador de Ambientes com palitos


Spray para Pout-Porri


No próximo dia darei dicas de como fazer vela simples e bem cheirosa.
Bjs. e até mais...

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Iniciando....

Hoje é o meu primeiro dia em que escrevo alguma coisa e estou ansiosa para dividir o que aprendi.

Tudo começou quando tinha 6 anos onde aprendi a fazer crochet. O meu primeiro trabalho foi um pegador de panela, infelizmente não o tenho.

Sou descendente de alemães e a minha família sempre fez tricot e crochet. Mais tarde vou postar o que elas fizeram.

O que aprendi é não desistir no primeiro erro, se precisar refaça, e sempre faça como se fosse para você.

Quando meu filho mais velho fez três anos, fiz um curso de velas e me apaixonei e depois fiz os cursos de sabonetes e perfumaria.

Há 2 anos fiz o curso de aromatizadores e bijouterias.

Aos poucos vou ensinar, dar dicas e técnicas do que aprendi.

E quem tiver interesse em ensinar algum tipo de artesanato (decoupagem, tricot, bordado, mosaico, etc...)pode me procurar.

Agora que me conhecem um pouco, fiquem à vontade de dar opiniões, dicas e o que gostariam de ver neste cantinho do artesanto.

Bjs.